Autor: Antares

Sep14

O Tamar é um projeto que faz parte do Programa Nacional de Conservação de Tartarugas Marinhas, gerenciado pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio), órgão do Ministério do Meio Ambiente.

As bases do Tamar estão espalhadas por toda a costa do Brasil. Nelas, são desenvolvidas atividades voltadas à pesquisa, conservação e manejo das tartarugas marinhas. Em algumas cidades, incluindo Florianópolis, o projeto conta com centros de visitação onde é feito um trabalho de educação ambiental junto aos visitantes.

Além de ser muito importante para a conservação da biodiversidade marinha, o Projeto Tamar também envolve as comunidades em que está localizado, as quais são essenciais para o sucesso do programa. O comércio de artesanato e o trabalho nos centros de visitação são alguns dos benefícios aos moradores.

O centro de visitantes do Tamar em Florianópolis fica localizado na praia da Barra da Lagoa. O local oferece diversas atrações para todas as idades, como visita guiada, alimentação das tartarugas e aulas de educação ambiental.

Com o apoio de monitores do Projeto Tamar, exposição de vídeos e visita aos tanques das tartarugas, o visitante aprende que esses animais são essenciais para o equilíbrio dos ecossistemas marinhos.

Na visita, pode-se aprender mais sobre os hábitos das tartarugas, suas características e sua distribuição no Brasil. O circuito é uma verdadeira aula de ciências, em que as informações são passadas de forma leve, para assim facilitar o entendimento.

No Projeto Tamar em Florianópolis, você poderá ver os animais bem de perto. Alguns deles foram resgatados por estarem debilitados. Depois de receberem os cuidados dos biólogos e veterinários, são devolvidos ao mar, momento que pode ser acompanhado pelos visitantes.

As crianças podem ainda participar de uma atividade especial: ajudar os cuidadores a alimentar as tartarugas em horários determinados. Com essa experiência tão rica, elas já começam a desenvolver a consciência ambiental desde cedo.

Além dessas atrações, o Projeto Tamar em Florianópolis também conta com o Museu Aberto da Tartaruga Marinha. Nele, os visitantes podem ver cascos, ossadas e representações das tartarugas que simulam seu tamanho real.

O espaço fica na Praia da Barra da Lagoa, a 50 metros do mar, em uma área de 5.000 m2 onde toda a estrutura é totalmente adequada ao uso por cadeirantes e para visitação em dias de chuva.

 

Rua Professor Ademir Francisco s/n, Barra da Lagoa

Tel.: 3236-2015

E-mail: tamarsul@tamar.org.br

Horário de funcionamento: De quarta a segunda das 10h às 17h

Ago17

A Trilha Ecológica do Rio Vermelho proporciona momentos de lazer, através do contato com a natureza, e desenvolve a consciência ambiental através da reflexão sobre como o descaso com a natureza e os maus tratos aos animais podem ser danosos ao meio ambiente. Modelo Único no Brasil de Conscientização Ambiental e Respeito a Natureza.

Num percurso de um quilômetro de extensão, os Monitores Ambientais da ONG R3 Animal vão explicando como aqueles animais foram parar ali e por que eles não têm mais condições de sobreviver na natureza. Em geral, todos os animais foram vítimas de maus-tratos, posse ou tráfico ilegal ou por adquiriram deficiências físicas após se machucarem em linhas de pipa com cerol, fios de energia elétrica ou cercas de arame farpado. São 16 viveiros, com cerca de 150 animais silvestres, onde adultos e crianças têm contato direto com a fauna e a flora da região. São mais de 35 espécies catalogadas que podem ser visitadas no local, como macacos, jabutis, aracuãs, araras e papagaios.

A Trilha Ecológica do Rio Vermelho foi inaugurada em abril de 2014 e passou por um período de adaptação dos animais. No parque, diferente das trilhas tradicionais, onde o visitante percorre um trajeto marcado no piso, dois terços do percurso é feito sobre decks de madeira, o que diminui os impactos ambientais gerados pelo trânsito dos visitantes sobre a fauna e o solo da região. Somente na última parte da trilha é que o visitante percorre um trecho sobre o chão de areia. A visitação é gratuita e o espaço também é acessível para pessoas com dificuldades de locomoção.

A Visitação na Trilha Ecológica do Rio Vermelho acontece de terça a domingo, das 10h às 17h​. De terça a sexta as visitas ocorrem a cada 30 minutos, sendo dada prioridade para escolas e outros grupos previamente agendados. Nos finais de semana, as visitas ocorrem a cada 30 minutos e vale a ordem de chegada. O parque atende até 650 pessoas por dia a fim de minimizar o estresse dos animais.

 

Parque estadual do Rio Vermelho

Rod. João Gualberto Soares – São João do Rio Vermelho, Florianópolis – SC, 88010-102