Não categorizado

set18

Primavera estação das flores.  Descubra os encantos de Florianópolis

A primavera convida todos os animais que hibernaram no inverno a acordarem. Ursos, esquilos, morcegos, marmotas, ratos-silvestres, hamsters, ouriços, entres inúmeros outros bichos não precisam mais poupar energia e devem despertar de seu sono profundo para apreciar o calor da nova estação e a abundância de alimentos.

Está na hora, também, das flores aparecerem em uma explosão de cores e perfumes. Sejam bem-vindas rosas, girassóis, margaridinhas, orquídeas, jasmins, hortênsias, helicônias, alamandas, clívias, gérberas, hibiscos, crisântemos, frésias, estefânias, narcisos, violetas e todas as inúmeras outras flores da estação.

A primavera, de fato, é a estação onde a natureza se mostra completa em suas cores e beleza. Impossível ficar indiferente às árvores e plantas nas ruas, aos parques da cidade repletos de vida, ao canto dos pássaros e a própria temperatura, sempre muito agradável e convidativa aos passeios e à prática de esportes.

Que a primavera – que inicia dia 23 de setembro e termina dia 22 de dezembro, no hemisfério Sul – seja um convite à contemplação da natureza e, em especial, aos encantos de Florianópolis, uma cidade repleta de lindas praias, belezas naturais e diversas opções de passeios ao ar livre.

Confira algumas dicas para curtir os encantos de Florianópolis com a chegada da primavera:

Santo Antônio de Lisboa

Santo Antônio de Lisboa é um lugar lindo para ser visitado de dia e de noite, pois cada momento tem seu charme particular. A arquitetura portuguesa e os casarios antigos estão presentes por toda parte, tornando o local ainda mais charmoso.

É uma excelente opção para desfrutar o clima agradável da primavera, passear pelas ruas estreitas feitas de pedra e voltar no tempo. Há opções muito boas de restaurantes – com deliciosos pratos à base de frutos do mar – e lojinhas de artesanatos encantadoras. Para que o passeio fique completo, não deixe de desfrutar de um café quentinho em uma das cafeterias do local.

Parque Ecológico do Córrego Grande

O Parque Ecológico Córrego Grande é um excelente local para quem deseja estar mais próximo da natureza e fugir da correria e da agitação do centro da cidade. Lá é possível fazer piquenique, ver o lago com jabutis, jacarés do papo amarelo e cágados, acompanhar o movimento dos pássaros, galinhas, galos, patos e coelhos e estar muito próximo dos saguis.

O parque conta com mais de 100 espécies de árvores identificadas, 3 trilhas curtas e sem obstáculos (Palmiteiro, Pau-Jacaré e Garapuvu) e uma pista de caminhada de 1 km. Possui, ainda, duas quadras de areia (vôlei e futebol), academia de ginástica, playground para crianças, anfiteatro e mesas para piquenique.

Fortaleza de São José da Ponta Grossa

Trata-se de uma das fortalezas construídas pelos portugueses no intuito de proteger a Ilha de Santa Catarina, no século XVIII. O local foi restaurado nos últimos anos e encontra-se em ótimo estado de conservação. A vista da entrada da Baía Norte e das praias é simplesmente imperdível.

É uma ótima opção para quem gosta de lugares históricos e deseja saber um pouco mais sobre o Brasil, sua colonização e aspectos relacionados à guerra. Dentro do casarão principal feito de pedras há algumas rendeiras fazendo rendas de bilros – uma das principais atividades artesanais de Florianópolis. No espaço externo, o gramado verde e bem cuidado é um convite para uma boa caminhada.

Praia da lagoinha No Antares Club – Hotel Lagoinha além da paisagem estonteante e de excelente acomodações você encontra um lugar ideal para sentir a primavera chegando de mansinho seus primeiros dias em setembro. Perto de todos estes lugares que contam as histórias de Florianópolis

Texto adaptado Fonte: http://www.r2meventos.com.br/encantos-de-florianopolis-com-a-chegada-da-primavera/

 

ago26

PESCA ARTESANAL DA TAINHA

 

Espetáculo acontece entre os meses de maio e julho. Para incentivar os trabalhos dos pescadores, que utilizam canoas típica, um decreto municipal proíbe a prática de esportes como vela e surf nas praias da região. Mergulhar, porém, é permitido! Basta que banhistas e embarcações respeitem a distância mínima da arrebentação e dos costões.

Hoje a pesca artesanal da tainha, ainda que com considerável diminuição, é vista no litoral catarinense, principalmente na capital, com destaque para a praia da Barra da Lagoa onde junto com a atividade existe a preservação da identidade cultural que esta carrega.

“Na praia da lagoinha esta atividade a acontece a poucos metros do hotel de mesmo nome. Moradores e pescadores se ajudam na pescaria. Quem se hospeda no  antares Club poderá ter a agradável surpresa de acordar  com os gritos dos vigias anunciando mais um “lanço” e  se tiver disposição poderá ser um coadjuvante  ou simplesmente  observar o desfecho de um dia de pesca. Em toda a praia esta atividade é desenvolvida e torna-se um atrativo cultura para muitos turistas que aproveita a calmaria da desta encantadora praia para curtir férias”

Fonte: http://www.sbpcnet.org.br/livro/61ra/resumos/resumos/5899.htm